Controle. Ou seja controlado.

A indústria do cinema está sofrendo uma dramática transformação. Além de abalar as estruturas de mercado existentes, novos players como YouTube e Netflix, por exemplo, representam a criação de novos mercados e novos tentáculos para os grandes conglomerados de mídia e entretenimento. Ctrl-V foi realizado no momento de ebulição desses novos mercados, fazendo um balanço da evolução da indústria, ao mesmo tempo que apontava caminhos para uma democracia audiovisual, baseada em autorrepresentação e multiprotagonismo. É o primeiro documentário autoral de Leonardo Brant, realizado em modo docmaker, com equipamentos caseiros e distribuição simultânea em sala de cinema (Cine Sesc em SP), TV Cultura (em cadeia nacional) e internet (pelo YouTube). Versão com legendas em inglês e espanhol.

FICHA TÉCNICA

Direção Leonardo Brant Produção Executiva Fernanda Martins Argumento, Roteiro, Imagens Leonardo Brant Montagem Aion de Brito, Valdir Afonso e Ivan 13P Direção de Produção Roberta Milward Pesquisa Fernanda Martins e Leonardo Brant Realização Instituto Diversidade Cultural Articulação RAIA - Rede Audiovisual Ibero-Americana Produção Deusdará Filmes Apoio AECID - Agência de Cooperação Espanhola para o Desenvolvimento.

ASSISTA

Vimeo.png
video-camp-bg.png
youtube.png

© 2020  Deusdará Filmes